background

História


O Grande Colégio Universal foi fundado em 1910, pelos Padre Santos Brito, Padre Fonseca e Pinho e ainda pelo Dr. Morais de Almeida, advogado.

Em 1966, a Direção do Colégio passou a ser constituída por Pe. Manuel António Valente Pombo, Dr. José António Pinto Ribeiro e Dr. Fernando Pinto Ribeiro Brito.

Posteriormente, em 1996, entra para a Direção o atual Corpo Diretivo, formado por Maria de Lurdes Dias Brito, Cristina Maria Dias Brito, Rui Fernando Dias Brito e Maria Manuela Pinheiro Dias Pinto Ribeiro. Esta família abraçou este projeto educativo há 50 anos, aliando a experiência e a tradição aos novos valores, às mudanças dos nossos tempos, numa união onde assentam os pilares de uma instituição que preza a proximidade e a segurança dos que a ela pertencem.

Começou por ser um internato masculino, situado na Avenida da Boavista nº 2 no Porto. O Padre Santos Brito assumiu a coordenação de toda a ação do Colégio e selecionou um corpo docente reconhecido pela competência e dedicação ao projeto do Colégio. Posteriormente, mudou-se para as instalações da Rua da Boavista nº 168, onde permanece atualmente.

Foi prosseguindo a sua renovação, adquirindo prédios contíguos e ampliando o seu espaço, quer para recreios exteriores, quer para áreas letivas. É uma Instituição secular e uma das mais antigas da cidade do Porto.

O Grande Colégio Universal é hoje uma instituição virada para o futuro, ativa na prossecução dos princípios da Responsabilidade Social, estando consciente do impacto que tem na comunidade em que se insere e na formação da personalidade e consciência cívica das gerações futuras.

Informamos que este site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação.  Tomei conhecimento e concordo